Notícias

« voltar

Cenário e Estratégias

16/04/2020

O Contexto Pré-Crise: Busca por rendimento adicional em um cenário de juros baixos e expectativa de crescimento do país, após a aprovação de reformas importantes como a Previdenciária. Neste contexto, o investimento em Renda Variável (dentro dos limites determinados nas Políticas de Investimentos de cada investidor) fez parte da estratégia de investimentos do todos os gestores de marcado, principalmente em fundos com estratégias de longo prazo.

Uma Crise Rápida e Profunda: Bolsa caindo ~42% no ano até a última sexta-feira... Caracterizando-se por ser uma muito mais rápida e agressiva que crises anteriores, como a da Bolha da Internet em 2001 e a crise financeira de 2008, onde uma queda de 20% ocorreu em intervalos superiores a 4 meses. Neste contexto de COVID-19, agravado por uma crise nos preços do petróleo, a incerteza quanto à extensão dos impactos econômicos aumentou muito a volatilidade dos ativos, notadamente a bolsa, em nível global.

O Impacto no Curto Prazo: Há pouca informação disponível sobre a extensão dos impactos desta crise sobre empresas e economias, tanto no Brasil como no exterior. As estimativas de PIB se alteram com a mesma velocidade com a qual governos fecham suas fronteiras e anunciam pacotes de socorro econômico, com o intuito de amenizar os choques de oferta e demanda que já se observam na grande maioria dos países. O impacto deve ser temporário, porém a intensidade e prazo de duração dependerão de como a sociedade responderá ao plano de contenção da epidemia e do sucesso no desenvolvimento de medicamentos e vacinas.

A Expectativa para 2020: Importante ressaltar que uma normalização do mercado chinês refletirá positivamente em setores importantes para Brasil, como o agronegócio e a mineração. As medidas de afrouxamento monetário adotadas pelos bancos centrais, para aumentar a liquidez, certamente atenuarão os impactos negativos para a economia e reduzirão potencias riscos de crédito e uma crise mais forte no sistema financeiro, a exemplo de 2008.

A Alocação em Renda Variável: Neste contexto, recomenda-se cautela. Situações de crise aguda produzem extrema volatilidade nos preços dos ativos e a consequente oscilação no valor das cotas dos fundos de investimentos. Desta forma, uma vez que a percepção de risco volte a patamares normais, pode-se esperar uma valorização de ativos como ações, considerando-se que o valor justo dos ativos e das empresas é superior ao preço atual destes papéis.

ENTRE EM CONTATO

+

CONHEÇA A
MONGERAL AEGON

+

DÉBITO AUTOMÁTICO

+

CORRETORES CREDENCIADOS MONGERAL

+

EDUCAÇÃO FINANCEIRA
E PREVIDENCIÁRIA

+

VÍDEOS INSTITUCIONAIS

+